Quadrinhos

De autoria da dupla Berthet/Runberg, “Motorcity” é uma HQ com trama se passando na Suécia, regada a carros antigos americanos, saudosismo e muito Rock’n’Roll

bbdbd
Escrito por PH
E-Books Mais Vendidos

bbdbdSou simplesmente fã do desenhista Philippe Berthet, do qual guardo algumas excelentes BDs, entre elas: O Mercador de Ideias, O Detective de Hollywood, Pin-UP e Poison Ivy.

Agora, em parceria com o roteirista Sylvain Runberg, o mesmo escritor da série Orbital, chega mais um de seus charmosos e bem desenhadas trabalhos, intitulado Motorcity Volume 1. Deve virar uma série que, curiosamente, não terá histórias se passando no eixo França/Bélgica.

Segundo o editor, Lisa Forsberg é uma diplomada pela Escola de Polícia de Estocolmo que volta a sua cidade natal, onde passa a integrar o comissariado local. Devido ao temperamento complicado de adolescente, no passado, ela não fez amigos por lá e logo em sua primeira investigação a respeito de um desaparecimento, ela terá que encarar todo o tipo de rancor e desafetos de sua juventude.

O caso se passa num universo raggare, uma tribo que surgiu nos anos 1950 na Suécia, reunindo amantes de antigos carros americanos barulhentos e cheios de estilo, tatuagens, Rock’n’Roll e Elvis Presley. É nesse meio, no qual parece estar à vontade, em que Lisa deverá descobrir o paradeiro de Anton Wiger, um caras que não perderia o Encontro Anual do Motorcity por nada nesse mundo.

O álbum tem cores de Dominique David e saiu no dia 20 de janeiro de 2017 com a marca da Dargaud, em francês, pela Coleção Ligne Noire. Na verdade, o visual de suas pranchas está bem mais para uma moderna e bem cuidada Linha Clara, que é a especialidade de Berthet.

Motorcity tem capa dura, formato de 24 x 32 cm e 64 páginas.

Se tivesse um exemplar à mão, faria um Papo-Franco Belga inteiramente dedicado a ele!

Só a capa, na pegada do artista Roy Fox Lichtenstein, já convida à leitura!

Por PH.

capa mg

5

9

 

Sobre o Autor

PH

É ex-locutor do TOP TV da Record e radialista. Também produz a série Caçador de Coleções e coleciona HQs europeias, nacionais e quadrinhos underground

Deixe seu comentário