Especiais

Crie seu próprio boneco do personagem “Frankenstein Jr.”, usando massa Epoxy

Escrito por PH
E-Books Mais Vendidos

FrankQuem é que não gosta de filmes e desenhos animados e já pensou, algum dia, em construir seus próprios bonecos de heróis? Muitas vezes, a gente não encontra o que quer nas lojas especializadas e quando acha, custa caro demais, pois a maioria destas figuras é importada. Se você já teve essa artesanal ideia e possui alguma habilidade manual, pode fazer algo bem bacana, utilizando massa Epoxy. Existem várias no mercado. A que eu prefiro é a Durepoxi, com secagem para duas horas. Tem que ser deste tipo, para que ela não endureça rapidamente. É preciso tempo para fazer a modelagem. Aliás, este é um ponto chave. Não estou ensinando a fazer uma escultura, pois não parto de um bloco a ser desgastado. Crio tudo do zero, através de um processo de modelagem.

Vou citar o exemplo de uma figura do robô Frankenstein Jr. que construí, a partir de algumas imagens do personagem que encontrei na internet. Depois desta importante pesquisa de visual, veio a parte do desenho técnico. É como se você tivesse que imaginar tudo em três dimensões. Vistas laterais, traseiras e de frente, que eu mesmo criei, ajudaram bastante. Este é o momento fundamental do trabalho! Assim, a peça não perde as proporções imaginadas. Tudo tem que ser feito, baseado nessas artes. Dá para ver pelas ilustrações abaixo, como o papel com os desenhos acaba ficando sujo. Tem que encostar a massa nele, o tempo todo, enquanto vamos medindo os tamanhos. Puxando linhas horizontais de referência, os esboços ficarão sempre alinhados. Às vezes, é necessário criar um esqueleto de arame para seu boneco, com o objetivo de dar mais resistência ao produto final. Desta vez, preferi não usá-lo.

O Epoxy é constituído por dois componentes, um branco e outro cinza. Misturando-os, chegamos a um outro material cinzento. Para trabalhar com ele, é preciso estar ao lado de água corrente. Ela irá ajudar a amolecer o Epoxy, facilitando o seu manuseio e modelagem.

Cada membro do corpo foi feito separadamente. Comecei com a cabeça e, em seguida, fiz as pernas, braços, pés, mãos e tronco. Esses elementos, após secarem, ainda foram lixados à exaustão. Quando tudo ficou pronto, uni cada item com cola Durepoxi. Um prego na cabeça do Frank resultou no toque final, ao mesmo tempo em que posicionava o boneco em uma base de madeira.

A pintura é sempre a última coisa a ser feita. Usei dois tipos de pincel, um fino, para detalhes, e outro mais grosso, para superfícies maiores. A tinta utilizada foi a de aeromodelismo. Escolhi uma brilhante, para dar o acabamento, mas poderia ter sido fosca. O pior de tudo, foi desenhar o emblema triangular, vermelho, no peito do Frankenstein Jr.

Basicamente é isso! No final de uns 15 dias, estava de posse de um famoso personagem de Hanna-Barbera, “made in” lá em casa. Só para lembrar, seu desenho animado era exibido junto com o dos Impossíveis. Estreou na TV, em 1966, possuindo um total de 18 episódios.

Espero ter ajudado a quem se interessa por modelagem de bonecos. Dá muito trabalho, mas é gratificante. Boa sorte!

Por PH.

DSC05905

dfd

DSC05902

DSC05903

DSC05904

Untitled-1

Frank

Sobre o Autor

PH

É ex-locutor do TOP TV da Record e radialista. Também produz a série Caçador de Coleções e coleciona HQs europeias, nacionais e quadrinhos underground

1 Comentário

  • Fiquei impressionada com o realismo tujaviu. Isto, vendo pelo computador. Creio que pessoalmente, deva ser muito mais realista, sem mais palavras. Parabéns.

Deixe seu comentário